Saltar a navegação

Como a qualidade literária das receitas se costuma assemelhar muito à da previsão meteorológica, eu ando sempre à cata de boa leitura em torno do estômago – exceptuando a médica que não me excita. Há dois anos, no Verão, comprei uma revista que deveria ser sobre o prazer de (entre outras coisas) comer; e o que lá descobri foi gente indignada com a afronta diária do povo inculto que – teimoso – insiste em não saber onde encontrar o prazer. Ora, eu não tenho paciência para isso. Nunca mais comprei a dita, nem os livros (que são vários e) que têm algum parentesco.

Estoutro não havia por lá – estava esgotado na loja, o que é bom sinal, mas mandei-o vir. E tem sido um prazer, o livro do MEC.

img_1250

img_1241

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: